terça-feira, 31 de março de 2009

Twitter bombando!

Pessoal, mil desculpas pela falta de atualização do blog. O grande culpado é o Twitter, que pra quem não conhece funciona como uma espécie de micro-blog. A verdade é que na correria do dia-a-dia fica muito mais fácil postar pequenas mensagens sobre o que está rolando em Dublin ao invés de escrever um post um pouco maior aqui no blog. Mas não se preocupem, ainda não abandonamos o barco. Em breve novos posts.

PS: Até o Chicão (meu pai), andou se queixando da falta de atualização. Assim fica brabo né.

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

Ano novo, casa nova.

Sem muitas palavras, introduzimos nosso novo esconderijo:

  
Corredor do apartamento e sacada do nosso quarto.

Nosso quarto.


Sala e cozinha.

O primeiro item da lista de metas 2009 já está devidamente riscado. Encontramos um lugar maior e melhor para morarmos. Maiores detalhes sobre o AP em um próximo post. Por enquanto, posso dizer que estamos muito felizes com a mudança.

terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Chá com leite

O outro dia estávamos eu, o Barry e a Rê no bar do Central Hotel, um local muito simpático no centro de Dublin, onde constumo encontrar o Barry para trocar uma idéia. Depois de algum tempo de papo resolvemos pegar algo para beber. Ao invés do tradicional pint de Guinness, pedimos um chá pois o Barry estava sob o efeito de antibióticos e eu não estava muito para o álcool. A Rê, por outro lado, pediu uma tacinha de vinho já que estava se preparando para a festa de despedida de solteira da Monique, amiga nossa de Santa Maria.

Conversa vai, conversa vem, questionei o Barry sobre o hábito herdado dos ingleses de beber chá o tempo todo. Já há bastante tempo, sabemos que grande parte dos irlandeses são um tanto ortodoxos no que diz respeito às suas escolhas e hábitos, mas de um tempo para cá ando impressionado com o tanto de chá que esse povo bebe. E sempre do mesmo jeito, com um pouco de leite. Intrigado, perguntei ao Barry de onde  surgiu isso e ele simplesmente me respondeu que os irlandeses não complicam na hora de escolher. Ao contrário do Brasil onde temos os mais diversos tipos e sabores, na Irlanda, chá é chá e ponto final. Só existe um tipo e se bebe com leite. Pelo menos diz o Barry que o chá é dos melhores da mesma forma que a Guinness é a melhor cerveja. Em outras palavras, as escolhas são restritas, mas restritas às melhores opções. E sobre beber chá o tempo todo, chegamos à conclusão que tem muito a ver com o frio. 

De nossa parte, estamos nos acostumando a beber chá ao melhor estilo irlandês, mas confesso ainda sou mais nosso bom e velho cafézinho.

sábado, 7 de fevereiro de 2009

De volta, e agora com neve.

Bem rapidinho, só para avisar, estamos de volta! Sim, passamos 4 meses sem um único post. De forma bem resumida, desde Outubro tivemos a visita do Krum e o meu ingresso no mestrado. Não farei nenhuma promessa de contar os detalhes em um próximo post. Só posso dizer que foi muito bom e foi uma pena a gente não ter podido compartilhar por aqui. Sinceramente, a partir de agora espero dedicar pelo menos alguns minutos toda a semana para o blog. E aos bravos leitores que resistiram todo esse tempo no limbo, não desistam de acompanhar nossas aventuras. Estamos de volta, agora cobertos de neve!
Vista da janela da nossa casa.

video
Videozito da neve

domingo, 21 de setembro de 2008

Por onde andam os dublinos???

Primeiro gostaríamos de pedir nossas sinceras desculpas a todos os que acompanham (ou acompanhavam...) o blog pela completo abandono deste por mais de 40 dias. A boa notícia é que estamos vivos! Sim, vivinhos da silva e dispostos a recuperar o tempo perdido, a começar com um resumão do que aconteceu nesses últimos tempos. Então vamos ao que interessa.

Quem nos conhece sabe que os meses de Agosto e Setembro são bastante agitados. Tivemos o meu aniversário, o aniversário da Rê e o nosso aniversário de casamento. Além disso algumas visitas especiais e eventos também fizeram parte do calendário.

Aniversário do Gabriel
Meu primeiro aniversário na Irlanda foi especial! Apesar de ter caído numa Terça-feira, começamos as comemorações ainda na Sexta, com a corrida de cães (relatado no post anterior). No sábado saímos para uma noite de muitos pints e boas risadas. Finalmente na terça, apesar do dia chuvoso, a Rê preparou um programa completamente inusitado: um jantar romântico à bordo de um barco-restaurante. Sem comentários! Comida espetacular acompanhada de um vinhozinho francês. Fiquei até me achando o fino.

À direita, um Gabriel pensativo, provavelmente refletindo: "É, tô ficando véio!" À esquerda, o casal feliz da vida dentro do barquinho.

Aniversário da Rê

O aniversário da Rê caiu no final de semana, perfeito para sair e aproveitar a noite em Dublin. Depois de passar por alguns pubs acabamos a noite em um tipicamente irlandes e lá dançamos (quer dizer, a Rê dançou) rimos bastante ao som de hits dos anos 70 e 80. No domingo emendamos almoço e janta em um restaurante muito simpático chamado Brasserie Sixty6. Havia algum tempo que estávamos nos ensaiado para ir nesse lugar e não nos decepcionamos. Comida especial de primeira, mas dessa vez acompanhada de água mineral pois a ressaca tava pegando. Depois de uma caminhada pelo centro de Dublin compramos um bolinho pra fecharmos bem final de semana de festas.

À direita, depois da ressaca nada como um bolinho pra recuperar as energias. À esquerda, a moça soprando suas velinhas.

Aniversário de Casamento
Como nosso aniversário de casamento caiu em uma Segunda-feira, resolvemos dar uma agitada no final de semana que antescedeu a data. Em uma noite tipicamente irlandesa, visitamos alguns pubs e nos divertimos bastante. No dia 08/09 comemoramos a data em casa, curtindo uma jantinha e um vinhozinho, assistindo os vídeos do casório.

Sabemos que a essas alturas todos já devem estar carecas de ver estas fotos. Mas comparando com as outras imagens colocadas neste post, notamos que, após um ano de casados, nosso sorriso continua o mesmo.

Dun Laoghaire International Culture Festival
Por uma sugestão do meu ex-professor, amigo e roqueiro Barry, peguei um bus no domingo e me toquei para Dun Laoghaire para o Festival de Cultura Internacional. Como Mr. Rodrigo Tranquilo estava morando com a Monike lá por perto chamei ele para ir junto. Como minha expectiva não era das maiores, tomei um susto ao ver a o tamanho da festa e a quantidade de gente circulando pelo local. Cheguei a ter a impressão de que Dublin inteira estava lá. Depois de pessearmos pelas barraquinhas de comidas típicas, experimentamos um "choripão" italiano e em seguida, descobrimos uma dupla fazendo um som tradicional irlandes em um coreto no meio de um grande gramado. Por ali nos atiramos e ficamos por um tempo. Como o clima estava muito bom decidi ligar para a Rê, que até então estava no trabalho, para convencê-la juntar-se a nós. Depois de alguma resistência, a moça apareceu e se maravilhou com o agito. Também estava especialmente faceira por por ver o mar pela primeira vez desde que chegamos aqui...se pode. Mais tarde encontramos a Monike e sua amiga Raquel e por lá ficamos até anoitecer. Na volta, pegamos o trem e nos passamos da parada do centro. Tivemos que caminhar um bocado até encontrarmos um bus que nos levasse de volta...que dupla!


Show do Supergrass
Rock'n Roll baby! Sempre que dá a gente tenta ir aos shows legais que passam aqui por Dublin. Quando ficamos sabendo que o Supergrass tocaria em Setembro, logo avisamos Mr. Tranquilo pois sabemos que ele é fã de carteirinha e tinha perdido o show deles em São Paulo. Lembro bem do rapaz lamentando não ter visto a banda quando teve a chance e eu, em resposta, disse que seria muito mais legal vê-los aqui...naquela época não tínhamos nem idéia de quando isso aconteceria, mas para nossa surpresa, menos de um mês depois descobrimos que eles estavam vindo para Dublin. Bem, no final acabamos indo os três e a Rê, que mal conhecia a banda, acabou virando fã. Realmente, um show inesquecível. Ou nas palavras do Rodrigo Tranquilo:
"Para quem esperava ouvir All Right, teve uma bela desilusão, mas para quem esperava ver um show mostrando o verdadeiro SuperGrass teve uma bela surpresa. O show mostrou a trajetória da banda e a constante evolução em cada disco, mostrando que é uma banda de respeito e melhorando cada vez mais nesse decorrer de mais de 10 anos de carreira. Com certeza um puta show, com muita energia e veracidade."

Que belo conjunto bigode&costeleta, hein Mr. Gaz?


Essa é para provar que estávamos lá.

Bonotour
Por motivos de força maior eles não puderam comparecer ao nosso casório, mas no final das contas o reencontro não poderia ter sido em melhor situação e local. Meu grande amigo e ex-colega de faculdade Ricardo Toscani que, junto com sua excelentíssima Lucia (nossa veterana de Desenho Industrial) e amigas Irena e Katiane criaram a bonotour e se vieram a Europa. Aos 40 do segundo tempo um quinto componente de peso juntou-se ao grupo, o grande Cairale, amigo de fé do Tosca e figurinha carimbada da época do Sanduba Sexta Blues. Para nossa alegria resolveram incluir Dublin no itinerário e assim pudemos colocar o papo em dia, lembrarmos dos velhos tempos e trocarmos idéias sobre os planos futuros, isso tudo regado a pints de Guinness' e muitas risadas, é claro. Na oportunidade ainda conhecemos o Pablo, primo da Lucia e super gente boa.

Da esquerda para a direita: Toscani, Cairale, Katiane, Pablo, Rê e Irena.

sábado, 16 de agosto de 2008

Come on dug!

Uma sexta dessas fomos às carreiras! A Rê ganhou os ingressos de um colega de trabalho e mesmo sem saber ao certo como funcionava, colocamos uma roupinha mais ou menos e nos tocamos para o local. No início ficamos meio acanhados, mas depois de uns dois pints a gente se soltou e resolveu jogar umas moedas nos cuscos.

Depois de 11 corridas, algumas cervejas, batata frita e moedas acabamos a noite empatados. Mas valeu a diversão.